Modo Noturno:

Dicas de como transformar seu site com o UX Design

As páginas e mais páginas de sites espalhadas pela internet passaram, e ainda passam, por mudanças significativas, e muito disso ocorre por causa do UX design, ou seja, a experiência do usuário em relação à aparência que uma empresa apresenta online e os canais de comunicação digital.

Com a aplicação de um UX design adequado, é possível entender as necessidades dos usuários e proporcionar uma melhor experiência, criando páginas e produtos intuitivos e acessíveis. 

Para entender melhor a importância dessa estruturação, vale considerar o acesso a uma mercearia desconhecida. 

Imagine que você precisou ir a esse espaço por conta de uma emergência, mas não conseguia localizar os materiais necessários. Após finalmente encontrá-los, ainda precisou esperar um bom tempo na fila para fazer o pagamento. 

Pode ser, até mesmo, que você tenha desistido e saiu frustrado do estabelecimento comercial. 

Visitar esse tipo de lugar sem qualquer conhecimento pode levar você, ou qualquer consumidor, a passar muito tempo tentando encontrar os produtos ou informações, dificultando o acesso e a devida compreensão.

Essa não é uma boa experiência de usuário, e o mesmo ocorre no ambiente online. 

Os usuários de um site não têm tempo para descobrir layouts confusos ou aguardar carregamentos pesados. Cada vez mais a internet se torna dinâmica e a velocidade nesse ambiente é crucial. 

Além disso, apesar de implementar sua identidade ser algo importante, existem alguns padrões já estabelecidos para o posicionamento de informações em um site, como a opção de home no topo da página.

Isso é porque já houve uma identificação de comportamento e uma educação dos usuários sobre tais posicionamentos.

É por isso que a interface do usuário, ou simplesmente UI, e a experiência do usuário, ou UX, são fatores críticos ao projetar um site para obter melhores taxas de conversão.

Para se ter uma ideia, estudos mostram que o UX design apropriado retorna quase até 100 vezes o valor investido. Isso porque um site bem projetado atrai e retém compradores.

O que é o UX design de um site?

De maneira resumida, a UX envolve todas as experiências de uma pessoa com um site, produto ou serviço. A UI (Interface do Usuário) se concentra em como as pessoas interagem com eles.

Para ficar ainda mais claro, é preciso entender as seguintes terminologias básicas.

Web Design 

Qualquer aspecto que afete diretamente um site, determinando sua aparência e funcionamento, se enquadra nessa categoria ampla. 

Ou seja, tudo o que você vê em uma página de um escritório de contabilidade fiscal, como texto, gráficos e botões de navegação, faz parte do web design. 

Ele também inclui todos os elementos que você não vê, como codificação, metadados e velocidade de carregamento do site.

Interface do usuário (UI) 

O design da interface do usuário se concentra nos controles e pontos de contato das pessoas para interagir com um site. 

Os exemplos incluem botões de CTA (Call To Action), links de texto e guias de navegação.

A mais recente inovação para a interface do usuário são os controles por gestos, também chamados de interface de usuário natural. 

Os controles por gestos podem reconhecer e interpretar o movimento dos usuários para que as pessoas possam controlar um sistema de computador sem contato físico direto, como por meio do direcionamento do olhar.

Experiência do usuário (UX) 

UX afeta a forma como as pessoas interagem com o site, ou produto, focando em situações emotivas e criando uma experiência positiva. 

O site deve antecipar o que os usuários desejam, fazendo com que se sintam bem-vindos e animados.

Mas, afinal, qual é a diferença entre UI e UX? 

Basicamente, enquanto a interface do usuário permite que alguém interaja com todos os elementos da página, o UX envolve como um usuário se sente ou tira proveito de toda essa experiência.

Por que seguir um processo de UX design de site?

O objetivo de qualquer site, especialmente quando se trata do comércio eletrônico, é aumentar as vendas e expandir os negócios. 

Uma agência de UX design usa elementos gráficos comprovados para atrair e converter mais visitantes.

Um processo de web design é parte do desenvolvimento de um site sobre escritorio de contabilidade em SP, o que documenta as etapas do esboço do início ao fim.

Desse modo, é necessário garantir um site em pleno funcionamento.

O resultado é um site com aparência profissional, e que causa uma excelente primeira impressão aos novos clientes em potencial, aumentando a confiança na marca. 

Também deve ser fácil de navegar, aumentando a satisfação do cliente e as oportunidades de conversões.

6 dicas para aumentar as conversões

Os serviços de design de UI/UX se concentram em remover barreiras e criar o caminho mais curto para a conversão dos visitantes ao interagirem com as páginas. 

Se possível, tente manter o funil de vendas em apenas três páginas. Embora possa sacrificar alguns dados do cliente, simplificar a jornada de compra aumenta as conversões.

Considere as dicas a seguir para potencializar essa evolução ao projetar a UI/UX design para seu site. 

1. Velocidade e simplicidade importam

A linha do Ponto A, desembarcando no site, até o Ponto B, o check out, deve ser curta e direta. 

Para manter seu visitante focado e no caminho certo, evite distrações como:

  • Excesso de barras laterais com anúncios;
  • Imagens sem contexto;
  • Links desconexos;
  • Pop-ups em excesso.

Cada página deve ser clara e concisa, projetada com um layout limpo. 

Além disso, devem ser carregadas em menos de dois segundos em todos os dispositivos. 

Descarte quaisquer recursos ou itens irrelevantes que diminuam a velocidade de carregamento da página.

Lembre-se que tudo na página de empresas de energia solar na Bahia é fundamental para a credibilidade e alcance dos objetivos.

Desse modo, qualquer endereço web deve dar suporte ao direcionamento do visitante para a página de check out e cada elemento, como um gráfico, deve contribuir com esse processo.

2. Lembre-se que um espaço em branco melhora UX design

Muitos sites de comércio eletrônico tendem a incluir o máximo de informações do produto na página. Essa estratégia pode não ser a mais efetiva, pois dificulta que as pessoas encontrem as informações que desejam, especialmente em celulares smartphones e tablets.

O uso liberal de espaço em branco torna o texto sobre uma empresa administradora de condomínio mais fácil de ler, por exemplo, além de melhorar a visualização das imagens para atrair a atenção. 

Com isso, os clientes permanecem na página por mais tempo enquanto se orientam rapidamente para as informações desejadas, navegando com mais fluidez.

Ou seja, adicionar espaço em branco ajuda a destacar títulos, subtítulos e gráficos para uma melhor atenção dos usuários.

3. Teste e feedback do usuário

É fundamental realizar testes com usuários, até mesmo porque não há informação melhor do que o feedback real do cliente.

O teste de usuário eficaz pode ser realizado com apenas 5 pessoas, e eles podem descobrir 85% dos problemas de usabilidade ao experimentar o site. 

Isso porque eles refletem os desejos e hábitos do seu público como um todo e têm novos olhos para encontrar mais facilmente problemas e aspectos que criam atritos na página. 

Com isso, eles evidenciam pontos que os outros usuários que buscam por uma avaliação patrimonial em um site especializado, por exemplo, também encontrarão ao navegar na página.

Os designers aprendem mais com a primeira pessoa, e os testadores subsequentes normalmente validarão as observações do primeiro testador.

A configuração de uma pesquisa é outra maneira de obter feedback se o site estiver funcionando. 

Para isso, faça perguntas que provoquem respostas detalhadas, se afastando de respostas apenas negativas ou positivas.

Ouvir o feedback do cliente e fazer as mudanças aplicáveis ​​melhora substancialmente o UX design.

4. Use um fluxo consistente

O wireframe mapeia a jornada do comprador. O ideal é que eles entrem no site na página inicial ou no blog. Após isso, eles navegam para a página do produto ou serviço e, em seguida, para o check out.

O designer visa ajudar o cliente em potencial que procura por materiais que precisa.

Considere o site de uma empresa que desenvolve projeto energia solar preço. Neste caso, o objetivo do profissional pode ser auxiliar o potencial consumidor a passar, sem esforço, da entrada ao check out para conversões mais altas de forma ágil e qualificada.

Manter o fluxo em um caminho estreito, com o mínimo de desvios, é fundamental para aumentar as conversões.

5. Otimize para dispositivos móveis

Os dispositivos móveis respondem por grande parte de todas as vendas de comércio eletrônico, e a tendência é que esse modelo continue crescendo. 

Nesse sentido, otimizar um site para celular smartphone é uma necessidade para qualquer negócio online. 

O algoritmo do Google usa a compatibilidade móvel como fator principal ao determinar a classificação de um site, seja de uma administradora de condomínios residenciais, ou qualquer outro endereço disponível na rede mundial de computadores.

A ferramenta de teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google verifica qualquer página da internet quanto a essa adequação, dentro do Core Web Vitals.

Desse modo, os designers de UX/UI devem testar em vários dispositivos para garantir que cada página carregue bem e seja fácil de navegar nos diferentes periféricos.

Uma boa dica é criar um layout no qual as pessoas possam interagir facilmente usando o polegar, pensando no dimensionamento para as diversas telas.

6. Foque nos detalhes para manter visitantes

Uma agência de desenvolvimento web pode avaliar rapidamente seu site e otimizá-lo para aumentar as conversões. 

Os web designers querem criar as interfaces mais fáceis de usar e, com isso, ajudar os visitantes a explorar mais e fornecer uma experiência positiva e tranquila para evolução na jornada de compra.

Nenhum detalhe de design é muito pequeno ao criar um site que converte visitantes. 

Afinal, aspectos de design como ícones, gráficos, links de texto, velocidade de carregamento da página, cores e fontes fazem a diferença ao manter as pessoas em seu site, aumentando as conversões de produtos e serviços como manutenção hidráulica predial.

Conclusão

Os usuários precisam ter uma conexão emocional considerando a experiência de usar seu produto, que neste caso é transmitido a partir do site.

Assim, ao criar um UX design realmente provocativo, interessante, inteligente, amigável e com todas as características necessárias para atender ao público é possível alcançar tais resultados.

Se você está apenas criando uma interface e não uma experiência, você tem chances limitadas de obter exatamente o que é necessário para tornar seu produto um sucesso.

Por isso, aplique as técnicas e lembre-se que as interfaces de usuário precisam ser simples de navegar, fáceis de usar e criadas com as cores e fontes adequadas para o seu público, considerando a identidade da marca.

Também não se esqueça de integrar o feedback do usuário final, mantendo-se consistente em todo o design e realizando melhorias sempre que necessário.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Siga ou compartilhe: