28 Filmes para Entender a Guerra Fria

Em 1946, o diplomata americano George F. Kennan respondeu a um questionamento do Departamento do Tesouro dos EUA com o documento que viria a ser conhecido como “O Longo Telegrama” (The Long Telegram). No ano seguinte, uma versão alterada desse texto foi publicada na revista Foreign Affairs com o título “As Fontes da Conduta Soviética” (The Sources of the Soviet Conduct). A produção e publicação desse material, que defendia a contenção do expansionismo soviético pelo mundo, é aceito pelos historiadores como o marco inicial do período de tensões geopolíticas conhecido como a Guerra Fria.

1. Operação Chromite (2016)

Netflix · Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Uma das primeiras consequências da Guerra Fria foi a divisão, em 1948, da Coreia entre a Coreia do Norte, apoiada pela China e pela União Soviética (URSS), e a Coreia do Sul, apoiada pela ONU (especialmente os Estados Unidos). Entretanto, os governos dos dois países se consideravam no direito de controlar toda a Península Coreana, o que levou à eclosão da Guerra da Coreia em 1950.

Operação Chromite mostra os esforços de um grupo de espiões sul-coreanos para coletar inteligência atrás das linhas inimigas. As informações viabilizariam a Batalha de Inchon, durante a qual a coalização comandada pelo General Douglas MacArthur (Liam Neeson) retomaria a cidade de Seul do controle norte-coreano.

2. Ave, César! (2016)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Nessa comédia ambientada em 1951, os irmãos Coen fazem uma bela homenagem à Hollywood dos anos 1950. Dentre estrelas mimadas e executivos estressados, o filme também satiriza os simpatizantes do marxismo que faziam parte da indústria cinematográfica dos EUA. A narrativa os mostra como intelectuais deslumbrados com as ideias de revolução proletária e práxis revolucionária enquanto romantizam a União Soviética e ignoram (propositalmente ou não) os crimes daquele regime contra o próprio povo.

3. Crimes Ocultos (2015)

Netflix · Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Em 1953, um oficial de polícia (Tom Hardy) e sua esposa (Noomi Rapace) contam com pouquíssima ajuda na busca por um assassino em série (inspirado no “Açougueiro de Rostov”, Andrei Chikatilo) na antiga União Soviética.

As dificuldades começam porque os órgãos de segurança oficiais se negam a admitir que há um assassino à solta, pois esse é um “crime capitalista”. Na segunda metade do filme, os órgãos de repressão se voltam contra o casal, que é obrigado a lutar pela própria sobrevivência enquanto caçam o assassino.

4. A Morte de Stalin (2017)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Esse filme satiriza a luta por poder depois da morte do temido ditador. Em 1953, mesmo antes de Stalin dar o último suspiro, os outros membros do (simbólico) conselho que governava a União Soviética começam a tramar esquemas uns contra os outros, com o intuito de substituírem o ditador e caírem nas graças da população. Veja mais detalhe na crítica completa aqui.

5. Boa Noite e Boa Sorte (2005)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Ambientado entre 1953 e 1954, Boa Noite e Boa Sorte mostra o papel do lendário jornalista Edward R. Murrow (David Strathairn) e sua equipe na queda do senador Joseph McCarthy durante o período do macartismo. O movimento liderado por McCarthy é um dos primeiros exemplos do medo do comunismo (tido como a etapa final do socialismo) sendo usado pelo Estado para suprimir direitos e perseguir oponentes políticos.

Esse movimento fez parte da chamada segunda ameaça vermelha, que durou até o fim da década de 1950.

6. Che: O Argentino (2008)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Che: O Argentino mostra a trajetória do líder guerrilheiro Ernesto “Che” Guevara (Benicio del Toro) de 1955 a 1958, quando ele e Fidel Castro (Demián Bichir) lideraram a bem-sucedida Revolução Cubana. Com o apoio da União Soviética, esse movimento colocou um membro do chamado bloco socialista bem no “quintal” dos EUA, a meros 166 quilômetros do estado da Flórida.

Em abril de 1961, um grupo de 1500 exilados cubanos treinados pela CIA tentou sem sucesso invadir o país e derrubar o governo socialista, episódio que ficou conhecido como a Invasão da Baia dos Porcos.

7. O Espião Que Veio do Frio (1965)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Ambientada no fim dos anos 1950 e início dos 1960, a obra na qual O Espião Que Veio Do Frio é baseada foi um best-seller absoluto e lançou o escritor John Le Carré à fama internacional.

O motivo de tamanho sucesso foi que essa história quebrou a narrativa oficial sobre a Guerra Fria ser uma luta do bem contra o mal, ou do certo contra o errado. Nela, além de tirar todo o glamour ao redor da ideia dos agentes secretos (que havia sido construído principalmente pelo James Bond de Ian Fleming), é exposto que as forças de inteligência ocidentais usam métodos tão ou mais sujos e cruéis que os comunistas, não havendo espaço para questionamentos morais ou legais.

8. K-19: The Widowmaker (2002)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

As tensões entre EUA e União Soviética deram origem a uma corrida armamentista, o que levou os EUA a desenvolverem seu primeiro submarino nuclear em 1954. Em resposta, a União Soviética desenvolveu às pressas o K-19, submarino nuclear equipado com mísseis balísticos nucleares.

Porém, durante sua viagem inicial em julho de 1961 e sob o comando do capitão Nikolai Vladimirovich Zateyev, o submarino apresentou graves problemas no sistema de refrigeração do reator. Temendo que uma explosão atômica fosse interpretada como um ato de guerra pelos americanos, Zateyev e sua tripulação agiram heroicamente para evitar o pior.

O filme K-19: The Widowmaker dramatiza os esforços do capitão (renomeado como Alexei Vostrikov e interpretado por Harrison Ford) e os sacrifícios feitos pela tripulação durante esse incidente, ações que só seriam reconhecidas pelo resto do mundo décadas depois.

9. Ponte de Espiões (2015)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Ponte de Espiões mostra o inferno pessoal pelo qual o advogado James Donovan passou nos anos 1950 ao ser destacado para defender o espião soviético Rudolf Abel (Mark Rylance). Mais do que isso, o filme mostra a firmeza moral de Donovan ao defender os preceitos mais básicos da constituição americana quando ninguém mais parecia disposto a fazê-lo.

Apesar de ser um cidadão comum (na época, atuava como advogado de seguros), ele foi uma das primeiras pessoas a orquestrar uma troca de prisioneiros com os soviéticos após a construção do Muro de Berlim. Em 1960, um avião de espionagem americano foi abatido na União Soviética e seu piloto, Francis Gary Powers (Austin Stowell), foi capturado. Após as negociações conduzidas por Donovan, Powers foi trocado por Abel em fevereiro de 1962.

O título do filme faz referência tanto à Ponte de Glienicke (conhecida por ser um “popular” local para troca de prisioneiros) quanto ao papel desempenhado por Donovan como mensageiro entre espiões soviéticos e americanos.

10. 13 Dias Que Abalaram o Mundo (2000)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

O filme 13 Dias Que Abalaram o Mundo dramatiza o lado americano da Crise dos Mísseis Cubanos, que foi um dos momentos mais perigosos da Guerra Fria, em outubro de 1962.

Apesar de não ter havido tempo hábil para se atualizar o relógio do juízo final, estima-se que esse foi o momento no qual a humanidade esteve mais perto de atingir uma guerra nuclear e a materialização da destruição mútua assegurada. Um dos envolvidos foi o general americano Thomas S. Power, conhecido por seu radicalismo e pela afirmação:

Cautela? Por que você está tão preocupado em salvar as vidas deles? A ideia é justamente MATAR os desgraçados. Se no final da guerra sobrarem dois americanos e um russo vivos, nós ganhamos!

O resultado imediato da crise foi uma diminuição das tensões entre os dois lados e o estabelecimento do telefone vermelho entre as lideranças dos EUA e da URSS.

11. O Ato de Matar (2012)

Netflix · Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

O documentário O Ato de Matar mostra como a população da Indonésia passou a considerar como heróis os homens responsáveis pelo massacre de centenas de milhares de pessoas. Os assassinos, recrutados dentre gangues juvenis, só percebem que há algo de errado no que fizeram quando, durante essas filmagens, são confrontados com seus próprios atos.

Em 1965, a influência comunista no país (sob o presidente Sukarno) chegou a um ponto crítico e o general Hadji Mohamed Suharto, com o apoio dos EUA, orquestrou um golpe militar, que foi seguido do massacre de comunistas e democratas. Suharto assumiu a presidência em 1967 e permaneceu no poder até 1998.

Essa história possui muitas similaridades com as das ditaduras instaladas na América Latina como forma de se evitar influências comunistas. A repressão a guerrilheiros de esquerda e oponentes políticos dos regimes ditatoriais foram organizadas por meio da Operação Condor, que envolveu a Operação Colombo e a Caravana da Morte no Chile e os voos da morte durante a guerra suja na Argentina.

12. Cortina Rasgada (1966)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Durante uma conferência em Copenhagen, o físico americano Michael (Paul Newman) diz a sua noiva Sarah (Julie Andrews) que ele precisa ir a Estocolmo para resolver algo. Entretanto, ela descobre que seu verdadeiro destino é a Alemanha Oriental, do outro lado da Cortina de Ferro, e resolve segui-lo. Lá, ela descobre a verdadeira natureza da viagem de seu noivo e eles se envolvem em uma trama para a qual jamais estiveram preparados.

13. Platoon (1986)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

Semelhante aos precedentes da Guerra da Coreia, após a desocupação do Vietnã por uma potência estrangeira (nesse caso, a França) em 1950, o país ficou divido entre norte (apoiado pela URSS) e sul (apoiado pelos EUA). A Guerra do Vietnã (1955 – 1975) eclodiu depois que o presidente do Vietnã do Sul, o anti-comunista e cristão fervoroso Ngo Dinh Diem, passou a reprimir violentamente comunistas, opositores políticos e grupos religiosos budistas.

Em Platoon, o diretor Oliver Stone tenta reproduzir em tela sua própria experiência como combatente no Vietnã. Ambientado em 1967, o filme segue a trajetória de um pelotão de infantaria depois da chegada do soldado voluntário Chris Taylor (Charlie Sheen), que presencia os horrores da guerra e dos crimes cometidos por seus próprios colegas ao longo da ação.

14. O Primeiro Homem (2018)

Trailer · Filmow · IMDB · RottenTomatoes

O Primeiro Homem acompanha a trajetória do astronauta Neil Armstrong (Ryan Gosling) até o momento em que ele se torna a primeira pessoa a pisar na Lua. Depois que, em abril de 1961, o russo Yuri Gagarin se tornou a primeira pessoa a viajar pelo espaço, a corrida espacial entre EUA e URSS esquentou de verdade, e os americanos precisavam de algo grande para superar os soviéticos.

Nasceu então o Projeto Gemini e, posteriormente, o Programa Apollo, que atingiu seu objetivo principal com a missão Apollo 11, em julho de 1969.

Clique aqui para ver a segunda parte